Não categorizado

EMPREITEIRO SUSPEITO DE ENGRAVIDAR FILHA DE 13 ANOS

A Polícia Judiciária (PJ) de Vila Real deteve um empreiteiro da construção civil por suspeitas de abuso sexual das três filhas adotivas de 13, 15 e 17 anos. O homem é ainda suspeito de engravidar a menina de 13 anos, que foi retirada da família em janeiro. As outras duas adolescentes foram encaminhadas para uma instituição de acolhimento do distrito.
O Tribunal de Vila Real decretou que o indivíduo de 50 anos, suspeito de abusos sexuais das três filhas adotivas e de ter engravidado a mais nova, de 13 anos, ficará em prisão preventiva a aguardar julgamento. 
A filha mais nova foi retirada da família, em janeiro, quando a escola se apercebeu que a menina estava grávida, agora, de cerca de oito meses. No local, há quem afirme que o empreiteiro levou a pequena adolescente a Espanha para abortar, mas tal objetivo não foi possível de concretizar, uma vez que já teria passado o prazo das 16 semanas de gestação, apurou o Porto Canal. 
As outras duas meninas que viviam também com o indivíduo foram agora retiradas da família e entregues a uma instituição de acolhimento, no distrito de Vila Real.
A mãe adotiva e professora universitária está agora a ser investigada pelas autoridadas para apurar se tinha conhecimento da situação.
Fonte da PJ de Vila Real revelou que a suspeitas arrastavam-se desde janeiro, mas só, esta terça-feira, a polícia concretizou a detenção do pai.

Porto Canal

Author Since: Jul 05, 2018

Related Post