• Concurso

    Concurso "Montras de Natal" dá vida ao comércio de rua em Lamego

  • Aprovado orçamento de 34 milhões da Câmara de Lamego para 2022

    Aprovado orçamento de 34 milhões da Câmara de Lamego para 2022

  • Rádio Douro Nacional...8 Anos!

    Rádio Douro Nacional...8 Anos!

  • Misericórdia de Lamego com atendimento à distância até 7 de janeiro

    Misericórdia de Lamego com atendimento à distância até 7 de janeiro

  • Município de Lamego adere à Onda Rosa

    Município de Lamego adere à Onda Rosa

  • Município de Lamego apoia comércio local com isenção de rendas

    Município de Lamego apoia comércio local com isenção de rendas

PJ detém homem por atear incêndios em Lamego

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou, esta terça-feira, que deteve um homem, de 42 anos, "fortemente indiciado" pela prática do crime de incêndio florestal, em Lamego. Através do Departamento de Investigação Criminal de Vila Real, esclarece a força policial em comunicado, foi possível apurar que, ao que tudo indica, o homem é suspeito "de ter ateado dois focos de incêndio em área florestal" naquela localidade. Os fogos - ocorridos nos dias 7 e 11 de julho deste ano - consumiram cerca de 18 hectares, constituídos, maioritariamente, "por mato e carvalhos".

Ainda assim, na altura, as chamas colocaram em perigo, não só a vegetação, como "vários armazéns e habitações, de valor consideravelmente elevado, que apenas não foram consumidas devido à rápida intervenção dos bombeiros". O detido, jornaleiro de profissão, vai agora ser presente a interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.